"Mas no mesmo instante em que aquele gole, de envolta com as migalhas do bolo, tocou o meu paladar, estremeci, atento ao que se passava de extraordinário em mim. Invadira-me um prazer delicioso, isolado, sem noção da sua causa."
(Marcel Proust em “No caminho de Swann”)

Kaffee

Hoje, o quarto maior consumo de café do mundo está na Alemanha. O filme Baghdad Café (1987) de Percy Adlon, contém uma cena engraçada que simboliza o caso de amor dos alemães com seu próprio café, de sabor forte, aroma e cafeína marcantes, sempre acompanhados dos bolos e doces com nozes, cremosos ou frutados.

Os grãos de café traduzem suas regiões de origem, com as características de clima, solo, plantio e também da colheita. O Brasil tem algumas das melhores origens de café do mundo, a certificação da BSCA, associação brasileira de cafés especiais garante respeito social, ambiental e o mais alto padrão de bebida.

Café Orgânico Montanhas do Espírito Santo

Moído na hora para extrair Espresso

Características:

Essa Região situada ao pé da pedra Azul, produz uma bebida encorpada, com boa acidez e aroma frutado, cultivado de maneira orgânica, sem agrotóxicos.

Métodos especiais de extração: uma jornada sem volta

  • 1. Hario V60
  • 2. Chemex
  • 3. Prensa francesa
  • 4. Clever
  • 5. Aeropress

Bebida limpa (sem resíduos de xícara) e saborosa, este método ressalta as notas sensoriais e aromáticas do grão: se você gosta de um bom café coado, vale a dica de conhecer o Hario V60; o porta-filtro, de design especial, possui características que interferem na extração e, consequentemente, na qualidade do café.

Criado pela empresa nipônica Hario em 2005, o porta-filtros lembra o tradicional Melitta. As ranhuras (veios) do suporte Hario fazem com que o líquido escorra de maneira uniforme em direção ao copo. Este elemento também garante a distância do líquido ao papel do filtro, o que diminui o tempo de contato do pó com a água e dá espaço para a circulação de ar. Ali, ocorre a “expansão do café” e a liberação de aromas e notas da torra. o orifício de saída circular do porta-filtro impede que a água fique parada no fundo, garantindo a passagem constante do café coado. Juntos, estes elementos promovem uma extração especialmente idealizada para destacar as características dos cafés de qualidade superior.

Coado com filtragem diferenciada permite extrair um café sem resíduos, de sabor nítido e com mínima presença de amargor.

Jarra em forma de ampulheta, filtro imponente e tira de couro presa por um colar de madeira. O cuidado e a precisão na extração do café idealizada para valorizar as nuances de aroma e sabor naturais dos grãos, são os diferenciais da Chemex, [inventada por Peter Schlumbohm em 1941]. O filtro merece atenção: ele é mais grosso que o tradicional e deve ser dobrado em quatro partes com o objetivo de potencializar a filtragem de resíduos indesejáveis.

Xícaras encorpadas e potentes! Se você gosta de um café que marca presença, experimente a Prensa Francesa.

De visual sofisticado, a French Press funciona sob pressão e dispensa o uso de filtro de papel. O método é composto por uma malha metálica conectada a um êmbolo no interior de uma jarra. O resultado é uma bebida com acentuada presença de cafeína, óleos essenciais e outros elementos que compõem os grãos.

Coador com controle absoluto do tempo de infusão. Café translúcido, avermelhado, cheiroso e potente.

Criado por uma empresa em Taiwan, é similar ao coador tradicional, mas apresenta qualidades da prensa francesa (maior teor de cafeína no café, bebida mais encorpada). O diferencial da Clever acontece graças ao sistema exclusivo de trava do utensílio, o “shutt off”, que veda o fluxo do líquido quando não está sobre uma xícara ou jarra: a água permanece em contato com o café, proporcionando a infusão e inúmeras variações de sabor pelo tempo desejado (qual é a sua sede de cafeína?).

Bebida encorpada e forte com características de espresso.

Desenvolvida em 2005 pelo californiano Alan Adler para extração de café encorpado em pequenas quantidades e de maneira prática: “drip and express” . Uma seringa gigante que extrai o café sob pressão do ar. O café em moagem grossa fica em infusão no tubo (ou camisa). Na base do tubo está o filtro, com diâmetro do tamanho da abertura de uma xícara. Após infusão a seringa é virada na xícara e o café extraído, pressionando o êmbolo para baixo.